quarta-feira, 3 de julho de 2013

FLIP (MAIS) EDIÇÃO 2013 - FEIRA LITERÁRIA INTENACIONAL HOMENAGEIA GRACILIANO RAMOS


O EVENTO
11a. EDIÇÃO - PARATY
ABERTURA - 03/07
ENCERRAMENTO - 07/07
Site para consulta / Programação

O Homenageado:

Graciliano Ramos de Oliveira (Quebrangulo, 27 de outubro de 1892 — 20 de março de 1953, Rio de Janeiro)1 foi um romancista, cronista,contista, jornalista, político e memorialista brasileiro do século XX, mais conhecido por seu livro Vidas Secas (1938).

Feira Literária Internacional começa em Paraty
A edição 2013 da Flip homenageia Graciliano Ramos, tem show de Gilberto Gil e muita diversidade
Paraty respira os ares da Feira Literária Internacional 2013 (Flip), que estréia nesta quarta (03/07) e vai até domingo (07/07). Uma mesa literária infantil vai abrir a programação na tenda Flipinha. Na sua 11ª. edição, a Flip vai homenagear o romancista Graciliano Ramos, terá Gilberto Gil no seu show de abertura e uma programação com projeção de filmes, mesas de debates e a participação de autores renomados. A curadoria da festa é de Miguel Conde e as atividades estão concentradas na Casa de Cultura de Paraty, com ingressos a R$12. 

Batizada de FlipMais, a feira terá muita diversidade cultural desde o seu primeiro dia de realização. Na quinta, o jornalista, escritor e biógrafo Ruy Castro vai promover uma mesa de debate sobre as suas obras e, na sequência, terão palestras com José Camilo Marques Neto e com os deputados Fátima Bezerra e José Stédeli, para discutir as políticas públicas de incentivo à leitura no país. Finalizando o dia, o cantor Lobão e o jornalista André Barcinski vão bater papo com o público, sobre música, Rock e cultura popular.

Nos dias seguintes, a feira vai apresentar clássicos brasileiros em telões montados em tendas. Entre os filmes: Vidas Secas, de Nelson Pereira dos Santos e Ouvir do Rio: uma escultura sonora de Cildo Meireles, de Marcela Lordy. Um dos momentos mais esperados do evento será o espetáculo Vinícius 100: Palavra e Música, que reúne talentos como Zé Miguel Wisnik, Paula Morelenbaume e Arthur Nestrovski.

Essa edição da Flip vai convocar grupos culturais da cidade, que vão se alternar todas as noites no palco da tenda flipinha. Em pontos principais da cidade, três exposições de artistas locais vão mostrar aos turistas as artes de Paraty. Na tenda dos autores ficaram as pinturas em guache de Júlio Paraty e, quem passar pela Praça Santa Casa, vai conhecer as obras do ceramista Dalcir Ramiro, as esculturas de Patrícia Sada e de Milton Mota.

A programação ao ar livre é gratuita. Os ingressos das apresentações na Casa da Cultura custam R$12 e podem ser obtidos pelo telefone 4003-1212 e em pontos de venda na cidade. Noventa por cento dos hotéis da cidade estão com lotação máxima e turistas de todos os estados nacionais continuam chegando para acompanhar os preparativos finais da festa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário