domingo, 28 de outubro de 2012

CULTURA - EXPOSIÇÃO ACERVO TOM JOBIM

Jardim Botânico do Rio abre exposição de acervo de Tom Jobim
27/10/2012

Paulo Virgilio
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - A partir da próxima terça-feira (30), parte do acervo pessoal e da obra do compositor e maestro Antonio Carlos Jobim (1927-1994) vai ganhar exposição permanente no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Com curadoria de Paulo Jobim e Elianne Jobim, filho e nora do compositor, a exposição Tom Jobim- Música e Natureza vai tornar acessível ao público registros inéditos da trajetória de um dos visitantes mais ilustres do Jardim Botânico. Em seus passeios matinais, Tom conversava com os pássaros e costumava compor entre as árvores do parque que abriga mais de 6 mil espécies da flora brasileira e estrangeira.

A exposição vai ocupar 190 metros quadrados do Instituto Antonio Carlos Jobim, criado em 2001 e sediado no parque. O instituto tem como objetivo preservar e disponibilizar para o público, em especial para estudantes e pesquisadores, a obra musical e poética de Tom Jobim. Desde 2007, passou a abrigar também acervos de outros compositores, como Dorival Caymmi, Chico Buarque e Gilberto Gil, e também do arquiteto Lucio Costa. Em fase de catalogação, serão incorporados em breve ao instituto os acervos dos compositores Milton Nascimento e Paulo Moura.

O piano de armário da marca Weimar, no qual Tom criou suas composições quando vivia na Rua Nascimento Silva, 107, no bairro de Ipanema, será exposto ao público pela primeira vez, juntamente com móveis do estúdio do músico, objetos pessoais – como o famoso chapéu - , manuscritos, partituras, troféus e fotografias.

De acordo com Paulo Jobim, a exposição permite às novas gerações conhecer mais profundamente a vida e a obra de Tom. “Eles poderão entrar no mundo especial de um artista que lhes instigará a reflexão, não somente sobre sua obra musical, mas também sobre a natureza e a busca de uma vida com mais harmonia”, ressalta.

Juntamente com a mostra permanente, o Instituto Antonio Carlos Jobim inaugura na terça-feira o projeto educativo O observador da natureza. Trata-se de uma visita guiada para grupos escolares que vai promover atividades de música e observação da fauna e da flora no espaço externo do Jardim Botânico. Crianças e jovens vão percorrer as vielas por onde o maestro caminhava e costumava identificar as espécies de pássaros pelo seu canto.

Com entrada franca, a exposição poderá ser visitada de terça-feira a domingo, das 10h às 17h. O endereço do parque é Rua Jardim Botânico, 1008, no bairro do mesmo nome, zona sul do Rio.

Edição: José Romildo

Nenhum comentário:

Postar um comentário