segunda-feira, 22 de agosto de 2011

POSSÍVEL ERRO MÉDICO ATRASOU A QUIMIOTERAPIA EM REYNALDO GIANECCHINI



O ator Reynaldo Gianecchini, internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo desde 01 de agosto para tratamento de um linfoma Não-Hodgkin de células-T, considerado como um caso raro da doença, pode ter sido vítima de um erro médico (perfuração no pulmão durante a colocação de um cateter), o que teria atrasado seu tratamento via quimioterapia. As informações são do JB On-Line.

Em boletim divulgado na última sexta-feira, o hospital confirmou o sangramento durante o procedimento. “Durante a passagem de cateter central, o paciente apresentou sangramento que foi prontamente tratado com as medidas necessárias”, diz a nota do Sírio- Libanês.

Não há informação sobre quando o ator iniciará as sessões de quimioterapia.

Um comentário: